Ridge racer 7

Postado por Info Games 7 de jan de 2007


A Namco nos apresenta o mais novo game da sua famosa série de carros, que não podia deixar de dar as caras no Playstation 3. Com Ridge Racer 7, os fãs da velocidade irão se emocionar com o estilo frenético dos carros, com suas diversas arrancadas e drifts, tudo isso com uma jogabilidade excelente, adicionando gráficos esplêndidos do novo console da Sony. Quem já é fã da série vai amar, pois o que tinha de bom, ficou ainda melhor. E esse é justamente o maior problema, melhorou-se apenas o que JÁ tinha de bom, e não adicionaram grandes novidades. Muitas das pistas, por exemplo, são as mesmas do Ridge Racer 6. Enquanto novíssimo painel de customização para o seu carro foi adicionado neste game, com direito a diversas pinturas, bosters, aerofólios e diversos outros adicionais para turbinar seu carro, se você jogou o game anterior, vai achar muita mesmice correr pelas pistas que você já visitou e detonou no game anterior. Cartão amarelo para a Namco. Mas calma, nem tudo está perdido ainda.

Jogar Ridge Racer 7 é fácil, até demais em alguns momentos. Se você já estiver acostumado com a jogabilidade da série, vai tirar de letra passar por qualquer pista. Mas se você for um novato, não se preocupe, pois não há muitos desafios no aprendizado. O game apresenta um mecanismo facilitador de drifts. Talvez os produtores do game quisessem dar um tom mais “Velozes e Furiosos” para o jogo, por isso o implantaram. Ele funciona mais ou menos como um ativador de manobras. Quando você está perto de uma esquina, a ponto de bater, você tenta fazer um drift. Eis que o game “facilita” para você e no final o drift sai impecável. Os fãs de outros games de carro vão estranhar bastante isso, já que muitos podem se tornar um verdadeiro ás no asfalto com o mínimo de pratica possível.

Mas temos que dar o crédito ao sistema “facilitador” de Ridge Racer em um aspecto, a sensação de velocidade. Isso é visível, já que você não precisa se preocupar muito com a redução da velocidade ou a parede próxima. Ao você passar a mais de 200 Km/h perto de corners, sendo que você escapa da batida em questão de alguns centímetros é algo alucinante. Como dito anteriormente, a idéia de semelhança com velozes e furiosos espanta. O game oferece uma variedade de estilos de Drifts, drags e diversas outras manobras que vão deixar você de queixo caído. E muito caído, vale lembrar, já que estamos jogando com os maravilhosos gráficos do PS3.

O design dos carros de Ridge Racer 7 está realmente legal. Temos aqui uma série de carros não licenciados, com direito até a marcas fictícias. Mas mesmo assim, os carros são lindos, não devendo em nada aos carros reais de outros games. Temos aqui um designer mais arrojado, com uma visão mais futurista, com direito a curvas, canos de descargas e rodas realmente fantásticas. É tanto que o próprio game não os chama de “carros”, mas sim de “máquinas”. Talvez por pomposidade, os criadores tenham escolhido usar esse termo. Muitos upgrades são legais, como o motor ou o nitro. Já outros, como a suspensão e as roda, não soam realmente importantes, já que a máquina já é bela por si só e o desempenho do carro não é influenciado pelas mudanças, devido ao sistema facilitador.

Para fazer um upgrade em sua máquina, você precisará estabelecer um relacionamento com as criadoras de peças. Para tanto, você terá que jogar o modo principal do game, o chamado Ridge State Gran Prix. Neste modo, você irá entrar em corridas de diversos tipos, geralmente disputadas com outros sete corredores nas pistas. Quanto mais você vencer, mais carros e novas peças serão habilitadas para a compra. Vale lembrar que o dinheiro em Ridge Racer também é adquirido ganhando competições. Durante o game, você conseguirá ganhar uma série de pontos de descontos, que poderão ser usados para adquirir um abatimento no preço de peças de uma determinada fabricante. Tais pontos funcionam como um sistema de fidelidade. Quanto mais peças da fabricante você tiver em sua máquina, mais pontos de desconto poderão ser adquiridos após suas vitórias.

Ridge Racer 7 possui uma grande quantidade de eventos e torneios para se disputar. Entretanto, só existem 21 pistas, sendo que a grande maioria é oriunda da versão anterior do game. Para remediar isso (ou tentar despistar a falta de opções), as corridas acabam sendo disputadas nas duas mãos da pista. Saiba que você gastará bastante tempo correndo em diversas pistas que você já havia corrido anteriormente. Se você tiver jogado o Ridge Racer 6, a situação piora ainda mais, porque surge aquela incomoda sensação de deja vú. Esse é o maior problema do game: a mesmice.

Além do grand prix mode, existem também o time attack mode e o arcade mode. No primeiro, seu tempo será tomado pelo quão rápido você conseguiu terminar um percurso. Seria algo bem simples esse modo, se não fosse pelo fato de que o game oferece um quadro on-line com as lideranças nos tempos de cada pista. Ou seja, você poderá registrar seu tempo no site oficial do game, por meio de seu Playstation 3. É interessante ver o quão desenvolvido você está em relação aos outros jogadores do mundo. Mas se prepare, porque muitos dos tempos são incrivelmente curtos, ou seja, você terá que ralar muito para chegar perto dos gringos, especialmente os japoneses. No arcade mode, você poderá pegar um dos carros que você já habilitou e percorrer qualquer uma das pistas do game.

O modo on-line do game suporta até 14 jogadores por corrida. Você pode simplesmente correr com outros jogadores, individualmente ou formando equipes para disputas. De longe, vale ressaltar que esse modo de jogo é o mais divertido de todo game, dando a ele uma longevidade além do esperado. Embora sua comunicação com os outros jogadores se resuma apenas a lista de frases já estabelecidas, ainda assim a interação que o game oferece é excelente, podendo divertir todos os participantes. Novamente, o que limita o game é a falta de uma grande variedade de pistas.

Graficamente, Ridge Racer 7 é muito superior ao Ridge Racer 6. Mas em muitos casos, diversos defeitos apresentados no game anterior encontram-se nesta versão do Playstation 3. A movimentação dos carros em diversos momentos parece muito mecânica, especialmente durante as raras batidas das máquinas (rara devido ao sistema facilitador). Outro aspecto realmente estranho no game são os drifts. Embora alguns efeitos visuais, como fumaça ou pequenos borrões de velocidade, tentem disfarçar, o carro gira em um único ponto durante a manobra. Ele fica estático e sem dar aquela “sambadinha” característica dos carros durante o drift.

Os sons do game são excelentes, mesmo que em alguns momentos haja uma variação do volume sem nenhum motivo aparente. O som do ronco dos motores, o barulho dos pneus e os nitros são algo soberbo, dando aquela sensação característica de velocidade para o jogador. Destaque também para a anunciante do game, uma bela mulher com uma voz bastante sensual. Vale lembrar que a série Ridge Racer é marcada pelas belas mulheres presentes nas apresentações e nos diversos modos do game. As músicas também são bastante atrativas, sendo que em sua grande maioria são techno musics.

Conclusão Final

Ridge Racer 7 é um ótimo jogo de corrida, sendo um dos primeiros no novo console da Sony. Os novatos na série irão gostar bastante, mesmo com os diversos defeitos básicos. Já aqueles que jogaram os games anteriores da série irão se frustrar ao saber que os defeitos continuarão mesmo na nova versão. E o pior, as pistas também são as mesmas. Mas graças ao modo on-line, a diversão do game estará garantida por muito tempo.

Bookmark e Compartilhe

Share/Save/Bookmark
Reações: 
0 comentários

Postar um comentário

Anunciantes

Arquivo do blog

Widget UsuárioCompulsivo

Top parceiros


Seja nosso parceiro

Adicione o nosso banner e envie
um e-mail para redecineplaneta@gmail.com

Seguidores